Biografia


Carlos Manuel Braz Saraiva, nascido em Coimbra em 1950, foi médico psiquiatra do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (1984-2017), Chefe de Serviço de Psiquiatria (1995-2017), Professor de Psiquiatria na Faculdade de Medicina (1998-2017) e membro efetivo do Conselho Médico-Legal (2012-2017). Como docente, colaborou ainda com as Universidades dos Açores, Beira Interior e Cabo Verde. Desde o início da década de 80 desenvolveu trabalhos de investigação, a par de intensa actividade clínica, principalmente na área dos comportamentos suicidários. Nesta temática fez o seu Doutoramento em 1998 bem como a sua Agregação em 2007. Foi dinamizador das “Jornadas sobre Comportamentos Suicidários”, cuja 11ª Edição ocorreu em 2016. Outras áreas de interesse: Perturbações do Humor, Personalidade, Impulso e Psiquiatria Forense. Esta última em consonância com a experiência em Perícias de Medicina Legal. Dentro das psicoterapias denotou um particular interesse pela Cognitivo-Comportamental e pelo Psicodrama. Foi membro da direcção do Colégio de Psiquiatria da Ordem dos Médicos (1987-1995). Como cidadão, empenhou-se em causas sociais como o Telefone SOS-Telefone Amigo, tendo sido o seu primeiro Director (1986-1995). Foi ainda fundador da Consulta de Prevenção do Suicídio (1992) e o primeiro Presidente da Sociedade Portuguesa de Suicidologia (2001-2005). Foi consultor do Ministério da Saúde para a área da formação em psiquiatria e saúde mental e prevenção do suicídio (1993; 2012-2013) e do Ministério da Administração Interna para a elaboração de um programa de prevenção do suicídio nas forças de segurança (2006). Foi Vice-Presidente do VII Congresso Nacional de Psiquiatria (Coimbra, 2011). Foi co-laureado pela International Asssociation for Suicide Prevention (IASP) em 2001, num congresso mundial de suicidologia (Chennai, Índia). Publicou dezenas de ARTIGOS em revistas científicas. Apresentou centenas de COMUNICAÇÕES / CONFERÊNCIAS / POSTERS. Publicou diversos LIVROS científicos, em autoria ou coautoria: “Para-Suicídio” (Quarteto, 1999), “Estudos sobre o Para-Suicídio – o que leva os jovens a espreitar a morte” (EA, Redhorse, 2006), “Comportamentos Suicidários em Portugal” (Ed. Sociedade Portuguesa de Suicidologia, 2006), “Depressão e Suicídio” (Lidel, 2014), “Suicídio e Comportamentos Autolesivos” (Lidel, 2014), “Psiquiatria Fundamental” (Lidel, 2014), “Manual de Psiquiatria Forense” (Lidel, 2017). É autor ou coautor de diversos capítulos em obras editadas em Portugal, Reino Unido e Brasil. Publicou ainda dois livros de âmbito literário: “Turbulências” (Audimprensa, 1995) e “Janela d´Almas” (Quarteto, 2000; Lidel, 2015, reedição) e outros textos dispersos, como poemas, narrativas, contos, entrevistas ou intervenções em áreas-fronteira do mundo da psiquiatria. Em 2017 foi-lhe atribuído o título de Subespecialista de Psiquiatria Forense pela Ordem dos Médicos. Ultimamente tem sido coordenador e docente de cursos avançados de Psiquiatria e Saúde Mental em “e-learning”, em acréscimo aos cursos anteriores de Suicidologia “on line” que vem assegurando, a convite do Instituto CRIAP (Porto). Exerce clínica privada em Coimbra.

Dr. Carlos B. Saraiva, former Professor of Psychiatry at the University of Coimbra (Portugal) and Director of the Female Ward of the Department of Psychiatry at the Central University Hospital of Coimbra. He was also the founder and head of the Suicide Research and Prevention Unit, since 1992. He was the first president of the Portuguese Society of Suicidology (2001-2005). Dr. Saraiva received his MD and PhD degrees from the University of Coimbra and trained as a psychiatrist at the Central University Hospital of Coimbra. He also served as scientific advisor to several academic or government institutions. Dr. Saraiva was extensively involved in clinical practice, medical education and research, mainly on mood disorders, psychodrama, medical legal issues, and suicidology. He has published more than 100 articles, wrote two books on suicidology, and several book chapters. He has also presented hundred invited lectures.

Breves Notas Curriculares

  • Carlos Manuel Braz Saraiva nasceu em Coimbra a 14 de Novembro de 1950.
  • Nesta cidade fez a instrução primária na Escola dos Olivais e o ensino secundário no Liceu de D. João III.
  • Licenciou-se em Medicina pela Universidade de Coimbra em 1975.
  • Fez o Serviço Médico à Periferia na Nazaré (1978-1979).
  • Especialista em Psiquiatria desde 1984, foi Professor de Psiquiatria na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (1998-2017) e Chefe de Serviço de Psiquiatria nos Hospitais da Universidade de Coimbra (1995-2017).
  • Doutorou-se em 1998 com a Dissertação: “Para-Suicídio – Contributo para uma Compreensão Clínica dos Comportamentos Suicidários Recorrentes”.
  • Fundou e coordenou a Consulta de Prevenção do Suicídio (1992-2017).
  • Foi o primeiro director do Telefone SOS -Telefone Amigo (1986 -1995).
  • Presidiu à primeira direcção da Sociedade Portuguesa de Suicidologia (2001-2005).
  • É director de psicodrama desde 1989. Trabalhou técnicas psicodramáticas em doentes para-suicidas com distúrbios da personalidade (1992-1996).
  • Exerceu funções de perito em psiquiatria forense no Instituto de Medicina Legal de Coimbra (1985 -1992).
  • Foi membro da direcção do Colégio de Psiquiatria da Ordem dos Médicos (1987-1995).
  • Representou a Psiquiatria Portuguesa como delegado à Reunião da União Europeia das Monoespecialidades Médicas (UEMS) em Atenas (1993).
  • Integrou o primeiro grupo de médicos da Ordem dos Médicos do Projecto PAIM (Programa de Apoio Integral ao Médico, 2002), inspirado no modelo de Barcelona.
  • Como docente, tem colaborado no ensino pré e pós graduado em múltiplas instituições nacionais. Foi orientador de Teses de Mestrado e Doutoramento. Fez parte de Júris de Concursos de provas académicas, por vezes como arguente,  e da carreira hospitalar. Tem também exercido a sua atividade docente no ensino à distância (“e-learning”).
  • Dinamizou diversos congressos de psiquiatria, dos quais se destacam as Jornadas sobre Comportamentos Suicidários,  iniciadas em 1996 (11ª Edição em 2016).
  • Foi consultor do Ministério da Saúde para a área da formação em psiquiatria e saúde mental (1993) e suicidologia (2012-2013) e do Ministério da Administração Interna para a elaboração de um programa de prevenção do suicídio nas forças de segurança (2006).
  • Participou em diversos programas de rádio e TV, sendo também  regulares as colaborações na imprensa escrita.
  • Foi co-laureado pela International Asssociation for Suicide Prevention (IASP) em 2001, num congresso mundial de suicidologia (Chennai, Índia).
  • Em 2007 obteve o título de Professor Agregado da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra com a Lição “Auto-lesões deliberadas – esboço de um perfil social e clínico”.
  • As suas principais áreas de interesse, para além da suicidologia, são as doenças do humor, os distúrbios da personalidade e do impulso, a psiquiatria forense e o psicodrama.
  • Para além de centenas de conferências, oficinas de trabalho, comunicações orais e posters sobre os grandes temas da psiquiatria e suas interfaces, tem mais de 100 trabalhos científicos publicados em Portugal e no estrangeiro (em cerca de metade como primeiro ou autor único), em revistas, capítulos de livros, internet.
  • É co-autor de um CD-Rom sobre “Depressão e Suicídio” (2000).
  • É autor dos livros “Para-Suicídio” (Quarteto, 1999), “Estudos sobre o Para-Suicídio – o que leva os jovens a espreitar a morte” (EA/Redhorse, 2006).
  • Ainda como co-editor ou co-coordenador publicou “Comportamentos Suicidários em Portugal” (Ed. Sociedade Portuguesa de Suicidologia, 2006), “Depressão e Suicídio” (Lidel, 2014), “Suicídio e Comportamentos Autolesivos” (Lidel, 2014), “Psiquiatria Fundamental” (Lidel, 2014) e “Manual de Psiquiatria Forense” (Lidel, 2017).
  • Prefaciou seis livros de carácter científico.
  • Dentro do âmbito literário, para além de artigos de opinião, poemas e contos dispersos por várias obras, jornais e redes sociais (alguns dos textos também podem ser visualizados neste “site”), publicou “Turbulências” (Audimprensa, 1995) e “”Janela D´Almas” (Quarteto, 2000; Lidel, 2015, reedição).
  • Foi Presidente do Conselho Científico da Sociedade Portuguesa de Suicidologia (2010-2015), consultor e redactor da comissão que elaborou o Plano Nacional de Prevenção do Suicídio (2013-2020), membro da Comissão Técnica de Acompanhamento da Reforma da Saúde Mental (2016-2017), eleito pelo Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas.
  • Subespecialista de Psiquiatria Forense pela Ordem dos Médicos (2017).
  • Coordenador e docente de cursos avançados de Psiquiatria e Saúde Mental em “e-learning”, em acréscimo aos cursos de Suicidologia “on line”, a convite do Instituto CRIAP (Porto).
  • Exerce clínica privada em Coimbra.